Hormônios

hormoneImbalance

O delicado equilíbrio hormonal

‘Existem muitas piadas e estereótipos que abordam as muitas diferenças entre homens e mulheres. Enquanto a saúde de ambos os sexos é igualmente importante, não há, talvez, nada mais complexo do que lidar com o quadro completo de saúde da mulher. Os homens muitas vezes ficam confusos por causa da  infinidade de emoções femininas, mas o que muitos não percebem é que essas emoções são muitas vezes conduzidas por nossos hormônios.
O Jogo Hormonal
Homens e mulheres ficam perplexos com a maneira como os hormônios femininos interferem no dia a dia da mulher desde a aurora dos tempos. Homens têm hormônios também, mas nós mulheres simplesmente temos muito mais que eles, o que significa que há muito espaço para que as coisas dêem errado. Como os hormônios são invisíveis, nem sempre é fácil identificar que um ou mais estão desregulados, e qual é a maneira mais rápida de obter-los de volta aos trilhos.
Como exemplo, há uma razão para que os problemas da tiróide sejam mais comuns em mulheres quem em homens, numa proporção de 20: 1. Por causa do sistema reprodutivo, as mulheres tem uma gama enorme de hormônios para que tudo funcione adequadamente e portante, muito mais possibilidades de desequilíbrio.
Hormônios trabalham como uma orquestra, exigindo que um músico toque a nota correta para o próximo desempenhar bem o seu papel. Quando um ou mais hormônios começam a produzir mais ou menos do que o esperado, ele pode fazer como o equivalente a deixar toda a orquestra fora de sintonia. A cacofonia que se segue é uma boa analogia para o mesmo caos generalizado que irrompe no corpo de uma mulher quando os hormônios começam ficar fora de equilíbrio ou deixar de se comunicar uns com os outros.
Noções básicas de hormônio
Mulheres requerem níveis muito específicos de hormônios durante o seu ciclo menstrual para garantir que tudo funcione como deveria. Sua ascensão e queda é muitas vezes desencadeada pela subida ou descida de outro hormônio (s), e quando um falha ao enviar o sinal adequado, os outros reagem de forma  confusa e uma série de problemas de saúde podem ser desencadeados.
Os hormônios femininos principais são estrogênio (dos quais existem três formas, E1, E2 e E3, com E2 sendo a principal forma durante os anos reprodutivos), a progesterona, hormônios da tireóide (tiroxina e triiodotironina), hormônios da hipófise (hormônio estimulante da tireóide e prolactina) , hormônios adrenais (cortisol, adrenalina), hormona folículo estimulante, hormônio luteinizante, a testosterona, e melatonina. Claro, existem mais hormônios em jogo aqui, mas estes são os básicos e deixam a dimensão de o quanto se relacionam entre si.
Alguns hormônios são produzidos para estimular o organismo a produzir outros hormônios, enquanto alguns hormônios são responsáveis ​​por desencadear respostas específicas. TSH, por exemplo, é produzido pela glândula pituitária para estimular a tireóide a produzir mais de seus próprios hormônios enquanto o hormônio folículo estimulante (FSH) é produzido no início do ciclo menstrual de uma mulher para preparar um ovulo para a ovulação, e o hormônio  luteinizante (LH ) é produzido para fazer com que a mulher realmente ovula.
Se existem, mesmo que pequenas, mudanças nos níveis de hormônios, muitos processos no corpo feminino podem dar errado. Uma mulher pode passar a ter hiper ou hipotireoidismo. Ela pode parar de ovular ou ter um ciclo menstrual completo. Ela pode experimentar o ganho de peso, alterações do apetite, distúrbios do humor, infertilidade e até mesmo câncer devido a problemas hormonais.
Seis coisas que você precisa saber sobre Hormônios Femininos e Saúde
Hormônios são delicadas. Tendemos a não pensar em nossos corpos quando eles estão trabalhando normalmente, como se tudo funcionasse como uma máquina bem regulada, independente da nossa consciência. Mas hormônios freqüentemente saem do equilíbrio, e muitas vezes não percebemos até que fiquem completamente fora de controle e muitos sintomas apareçam.. Vale a pena fazer a anotação de mudanças dos ciclos menstruais, humores, ou outros sintomas físicos, mesmo se você não ache que eles sejam importantes. Estas anotações podem ser informação importantes para os médicos que eventualmente estejam tentando resolver as suas questões hormonais.
Hormônios podem ser afetados pelo ambiente. O mundo à nossa volta tem uma influência mais forte sobre nossos corpos do que pensamos. Mesmo se cuidamos da alimentação, há muitos fatores relacionados ao nosso estilo de vida que podem ter um impacto enorme na saúde hormonal. Isso ocorre porque os produtos químicos presentes na água, veículos, casas, nos plástico e cosméticos, podem entrar na nossa corrente sanguínea e enviar mensagens confusas aos nossos hormônios.Precisamos estar cientes das fontes para minimizar a nossa exposição.
Hormônios são realmente um grande problema e a esta altura você deve estar pensando se tem mesmo que se preocupar com tudo isso…Realmente não temos controle sobre todas as toxinas que estamos expostos, mas devemos ter consciência dos efeitos nocivos sobre o nosso organismo e tentar evitar o máximo possível a exposição a eles.
O equilíbrio hormonal pode ser restaurado. Nunca rapidamente,mas cuidando da sua dieta e do estilo de vida, o equilíbrio hormonal pode ser restaurado sim. A dieta Paleo é incrível para ajudar a reequilibrar hormônios porque corta um monte de alimentos que podem ter efeitos prejudiciais sobre o equilíbrio hormonal: grãos refinados, açúcares, conservantes, aromatizantes e corantes artificiais, gorduras trans e alimentos pobres em nutrientes. Ao adotar uma dieta rica em nutrientes, muitas mulheres podem capacitar seus corpos para repor seus hormônios por conta própria. Em casos mais extremos, a suplementação hormonal pode ser necessária por um período mais curtos ou mais longo, e neste caso você deve optar pelos bioidênticos que imitam o que o nosso próprio corpo produz.
Hormônios nunca devem ser ignorados. Se você não esta se sentindo bem ou experimentando sintomas que não são normais para você, é sempre uma boa idéia realizar exames hormonais. Escolha médicos que trabalhem com uma visão integrada e holística de hormônios, ou então você pode ficar sem respostas, sentindo-se mais confuso do que antes. Idealmente, os hormônios devem ser testados através da saliva, porque desta forma os resultados serão mais precisos em relação a quantidade biodisponível de hormônio que você tem. Mas alguns hormônios, como os da tireóide ou os hormônios relacionados a gravidez, podem ser testados com precisão através do sangue. Seja qual for o caso, abortos, ganho de peso, dificuldade em engravidar,  problemas de pele desagradáveis ​​como acne ou psoríase, ou ter problemas como o cabelo fino, sobrancelhas finas, pele esburacada, e muito mais, saiba que você provavelmente está lidando com um problema hormonal.
Hormônios reagem ao estresse. O corpo produz hormônios específicos quando estamos sob estresse, e esses hormônios por sua vez, tem um efeito sobre outros hormônios, especificamente as relacionadas com a tireóide e sistemas reprodutivos. Se você está lidando com desequilíbrio hormonal, uma mudança de dieta e terapia hormonal pode não ser suficiente para restaurar o equilíbrio para sua vida. É importante olhar para tensões emocionais ou físicos subjacentes que poderiam estar contribuindo para os seus problemas hormonais, e, em seguida, encontrar formas positivas de lidar com elas. Muitos encontram alívio nas terapias, participando de programas de exercícios como yôga restaurativa ou Pilates, meditação ou oração. Ter uma visão holística do corpo significa entender que tudo está conectado, e que as emoções, pensamentos e outros estressores físicos podem ter um impacto sobre o corpo todo. 
Você é a melhor pessoa para julgar
Não importa o quão incrível é o seu médico, questões hormonais podem não ser diagnosticadas durante anos já que os sintomas se sobrepõem com muitas, muitas outras condições. Se você está lutando com a perda de peso ou qualquer das outras questões discutidas, ou mesmo se você simplesmente não se sentir bem consigo mesma, vale a pena procurar um médico que dê uma olhada mais profunda em seus hormônios. Muitas mulheres têm encontrado uma maior qualidade de vida através de um reequilíbrio hormonal. Mais importante ainda, é saber que você não está sozinho, e que o desequilíbrio hormonal é relativamente comum em mulheres. Há muitas maneiras de encontrar apoio para mudanças de estilo de vida, e uma vez que abordar dieta é um grande problema, você está em um bom lugar para isso.’

Tradução do texto publicado em 13 de outubro de 2014 por Aimee McNew no blog paleoplan.com

Compartilhe!

Theme by Anders Norén